quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O que ser afinal ?

Uma questão pertinente que permeia nosso pensar, e que cotidianamente nos faz perder, pessoas momentos e fazes da vida que sinceramente não voltam, isso porque nos prendemos a ser sempre o certinho o racional e realista, deixamos de lado coisas como, correr pela rua, andar na chuva e ser não quem somos porém quem gostaríamos de ser. Me pergunto muitas vezes qual o mal em ser criança, as vezes imaturo, o que há de errado em rir nas ruas, achar graça nas coisas que muitas pessoas nem se quer prestam a atenção, Olho e vejo que já não mais ando de bicicleta, patins, não mais me sujo ao tomar sorvete ou ao comer uma fruta. Cresci e percebi que deixei de ser Idiota, parei com as idiotices, deixei de lado aquelas coisas  que me faziam sorrir, e ser feliz de verdade, qual o mal em ser assim  Como, diria Arnaldo Jabor "Sejamos Idiotas " .
Então deixemos de lado, esses chatos que levam uma vida metódica e sem graça, que não sabem sorrir, esses que te dizem que a vida é seria demais para perder tempo, Eu sinceramente não quero a memoria que guardem de mim seja de um rosto carrancudo e de olhar tristonho, quero ser sim no bom sentido da palavra um "Idiota", quero ser feliz e ter como base para minha vida e minha família uma alegria que contagia, que minha idiotice seja um exemplo de felicidade para os meus, afinal ser idiota não é ser anormal, é saber viver ...
Eu quero achar onde deixei a minha infância resgatar as coisas mais importantes da minha vida para no fim dela poder olhar e ver que realmente fui quem queria, fui a pessoa certa para alguém, fui  idiota o suficiente, certo e serio na medida, e jamais infeliz a ponto de perder a esperança...



                                                         Emerson S. Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentario.

Postagens populares