sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Em um Quarto...

               Nele muitas vezes choramos, sorrimos, ouvimos musicas que nos fazem lembrar coisas que queremos esquecer, descansamos e nos cansamos... Cansamos de descansar, de ser somente um menino em um corpo de adulto, uma criança cheia de medos e de questionamentos que simplesmente tornam nossas vidas mais complicadas do que deveriam ser, criamos monstros invisíveis e obstáculos que só existem em nosso pequeno mundo é em nosso quarto, que nosso mundo se torna real em nosso pensar, as fantasias que se misturam a realidade e transformam tudo, é nele que após uma longa jornada ao mais profundo do nosso ser interior, ser feito de fantasias e medos, ser que procura no Criador a essência da vida, dormimos e sonhamos...
Hoje quando acordei percebi que em meu quarto tenho meu mundo, nele ficam meus sonhos minhas expectativas, nele minhas loucuras e fantasias são reais, no entanto percebi que no mesmo as minhas frustrações se tornam,  tão desoladoras quanto uma tempestade, que a obscuridade de estar sozinho e desolado nele na maioria das vezes me torna um ser depressivo e isolado do mundo real, porque quando saio porta à fora adentro em um mundo real onde o meu mundo é sucumbido pela maldade e pela promiscuidade do mundo exterior que assola ate a alma ... Quem de nós nunca adentrou  em seu quarto e simplesmente teve a vontade de trancar a porta e sumir com a chave e viver infinitamente nesse mundo de fantasias e ilusões, seria tão bom se podessemos transformar o mundo em nosso quarto da grama verde nossa cama, do céu azul e estrelado o nosso teto, dormir a luz da lua e se refrescar com a brisa suave da maresia, deixar que o sol nos acordasse seria extasiante... Seria esse o quarto perfeito bom seria se podessemos voltar a onde o Eterno Criador nos fez e ali corrigir os erros, no entanto não sendo isso possível me conformo com meu singelo cómodo quadrado, onde a grama é minha cama, a brisa suave o ventilador e o sol a me acordar é simplesmente a lâmpada a se acender...

Um comentário:

  1. Muito bom, esse(a) moço(a) tem uma visão bem ampla da nossa literatura, gostei muito!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentario.

Postagens populares